Sala Mineira do Empreendedor inicia atividades com treinamento de professores


Foi realizado nos dias 19, 20 e 21 de setembro, o primeiro treinamento de professores da rede pública municipal de ensino, dentro do programa “Cultura Empreendedora”, do SEBRAE-MG, com a apresentação de conteúdo do curso “Jovem Empreendedor – Primeiros Passos”. O treinamento foi sugerido pela agente de desenvolvimento da prefeitura municipal, Natália Viol, como uma ação preliminar aos trabalhos a serem desenvolvidos pela “Sala Mineira do Empreendedor”. A coordenação do curso ficou a cargo da analista técnica Kenia Costa, gestora do posto de atendimento do SEBRAE, em Barbacena.

Nessa primeira edição, ministrada pela instrutora Simone Giordano, o evento contou com a participação de 25 professores voluntários e da subsecretária de educação Maria Eugênia Castro. O objetivo do programa, que está apenas começando, é levar a cultura empreendedora aos jovens estudantes, com finalidade de despertar a vocação para o empreendedorismo, através de técnicas e conhecimentos compilados pelo SEBRAE.

No encerramento do curso, o secretário de Planejamento e Gestão, Aderbal Calmeto, lembrou que Barbacena ainda não tem aptidão para atrair investimentos de grande porte, seja pela acidentada topografia local, que demandaria elevados custos para a implantação, seja pela histórica escassez de água, insumo necessário em quantidades abundantes a quase todos os tipos de grandes empreendimentos. Devido a esses problemas, destacou que “a atual administração está empenhada em fomentar o micro e o pequeno negócio, a fim de gerar trabalho e renda para a população de Barbacena”.

Ao final, agradeceu a participação dos professores que, voluntariamente, se dispuseram a participar do programa e desejou êxito na replicação, aos alunos da rede municipal, das técnicas adquiridas nos três dias de treinamento. E complementou dizendo que “a educação empreendedora não deve ser vista apenas como mais uma matéria ou um jogo, mas como oportunidade concreta para a descoberta de novos talentos".

A agente de desenvolvimento, Natália Viol, também se manifestou, lembrando que “a expectativa é despertar o olhar das crianças e adolescentes para as oportunidades que os rodeiam, para que futuramente utilizem o talento e capacidade que possuem, aliados ao conhecimento adquirido nessa formação, e desenvolvam projetos promissores.”


Busca de Notícias