Barbacena realiza procedimento pioneiro em paciente com suspeita de febre amarela


Barbacena deu um passo importante, nesta quinta-feira (1º), na luta contra o vírus da febre amarela, que tem alto índice de mortalidade, através de um procedimento pioneiro realizado em paciente internado com suspeita: a plasmaferese. Depois da capital, é o primeiro local, em Minas Gerais, a realizar o trabalho. 

A plasmaferese é um procedimento extracorpóreo, em que a máquina é usada para separar o plasma do sangue por centrifugação ou filtração, e pode ser usada em patologias graves, como na insuficiência hepática da febre amarela.

A premissa da iniciativa é que, com a remoção de certas substâncias patológicas do plasma, haverá redução do dano adicional e pode permitir a reversão do processo patológico. ''É uma tentativa de reduzir a mortalidade de uma doença tão grave e letal'', afirmou o Secretário Municipal de Saúde e Programas Sociais, José Orleans da Costa. ''Entretanto, por ser uma doença tão grave, é importante que a população a evite através da vacinação''. 

O Secretário José Orleans esteve, nesta quinta, no Hospital Regional, para acompanhar os preparativos para o procedimento, que também teve a presença do  Subsecretário de Estado de Vigilância e Proteção à Saúde, Rodrigo Said, juntamente com as equipes médicas e de enfermagem.

Aeronáutica abre 15 leitos para receber pacientes - Por meio de articulações entre a Secretaria Municipal de Saúde e o Esquadrão de Saúde da Aeronáutica, o Hospital da Epcar receberá, na próxima segunda-feira (5),  os primeiros pacientes de Clínica Médica de baixa complexidade, disponibilizando 15 leitos para auxiliar no combate à febre amarela. 

As negociações envolveram a Comandante do Esquadrão de Saúde de Barbacena, Tenente Coronel Jacqueline; o comandante da Epcar, Brigadeiro Moura; o diretor do Hospital de Força Aérea do Galeão, Brigadeiro Apolinário; o Chefe do Grupamento de Apoio de Barbacena, Tenente Coronel Bruno; o Chefe da Clínica Médica, Tenente Médico Marcelo; os Majores Carlos e Horta, do Laboratório e Farmácia; a Tenente Lidiane, Chefe de Enfermagem; e o Major Médico André.


Busca de Notícias