Barbacena inicia as atividades da 16ª Semana dos Museus


Barbacena iniciou, nesta segunda-feira (14), as atividades da 16ª Semana dos Museus, evento realizado por museus e instituições culturais de todo país, que, neste ano, tem o tema ''Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos''.

Neste ano, dois museus contam com ampla programação até o dia 18 de maio: o Museu da Loucura, com 3 atividades, e o Parque Museu Casa de Marcier, com 43, sendo esta a instituição museal de Minas Gerais com maior número de eventos em 2018.

A abertura no Parque Museu Casa de Marcier, realizada nesta segunda, contou com a presença de diversas autoridades, entre elas a Vice-prefeita Angela Kilson, a Diretora-Geral do SAS, Marcela Zaidan, o Secretário Municipal de Educação, Desporto e Cultura, Luiz Carlos Rocha de Paula, representantes da Guarda Civil Municipal, Polícia de Meio Ambiente e do Legislativo.

Na abertura, alunos do Centro Educacional Arca de Noé fizeram a apresentação de seus trabalhos, em parceria com o projeto ''Roda Viva dos Museus'': ''Conhecendo as raízes da história e da arte barbacenense' e a Exposição de Belas Artes ''O Céu de Barbacena''. Também, para as atividades do dia, foram recebidos alunos, professores e a direção da Escola Municipal Sebastião Francisco do Vale.

O evento no Parque Museu tem a coordenação da equipe do museu, em parceria com o Serviço de Água e Saneamento (SAS). As 43 atividades na programação são desenvolvidas através do projeto ''Roda Viva dos Museus'', criado pela coordenadora Deliane Dani Lebourg,  com o objetivo de despertar nas crianças, jovens e adultos, através de visitas aos Museus de Barbacena, em particular à Casa de Marcier, o interesse pela preservação da história, do patrimônio e do meio ambiente.

Durante a 16ª Semana de Museus no Parque Museu Casa de Marcier, alunos e professores de 9 escolas foram convidados a apresentar suas pesquisas e estudos desenvolvidos no projeto ''Roda Viva dos Museus''. Quatro escolas prepararam exposições de arte, que ficarão em exibição durante a semana.

O projeto, desenvolvido com as escolas e universidades do Município, tem o apoio do Serviço de Água e Saneamento (SAS), através da Equipe da Diretoria de Meio Ambiente, para a prática de ações socioambientais e educativas, desenvolvidas no espaço do Parque, onde o Museu está localizado. Estas ações socioambientais fazem parte do cronograma anual do PAC2 (Programa de Aceleração e Crescimento, criado pelo Governo Federal) que disponibiliza recursos para a  realização de obras de saneamento básico - tratamento de água e efluentes (esgoto), refletindo em qualidade de vida para a população. Uma dessas obras está sendo realizada no Bairro Monte Mário - Retiro das Rosas, no entorno de onde o Parque Museu Casa de Marcier está localizado.

Sobre a 16ª Semana dos Museus – É promovida todos os anos pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) para celebrar o Dia Internacional de Museus (18 de maio),  O tema,  ''Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos'', propõe uma aproximação das instituições com seus públicos tanto pelo viés tecnológico quanto por outras conexões. Ao mesmo tempo em que museus investem em tecnologia para alcançar novos públicos, ainda é indispensável esforços para engajar quem ainda não está online – especialmente em áreas periféricas, rurais e regiões de difícil acesso.

Atualmente, o Ibram tem mapeados cerca de 3.800 museus no Brasil. Em 2018,  1.130 instituições participarão da Semana de Museus, realizando 3.261 eventos, em 489 municípios de 26 estados. As atividades propostas são as mais diversas – como exposições, ações educativas, palestras, exibição de filmes e bate-papos.


Busca de Notícias