Sesaps informa sobre situação de tuberculose em Unidade Prisional


A Prefeitura de Barbacena, através da Secretaria Municipal de Saúde (Sesaps) e a Coordenação de Vigilância em Saúde, vem, por meio deste comunicado, esclarecer sobre a situação de dois casos confirmados de tuberculose na Unidade Prisional de Barbacena.

Assim que a coordenação tomou conhecimento do fato da suspeita de tuberculose, foi mobilizada uma força tarefa de profissionais técnicos e especialistas no assunto, junto com a direção da Unidade Prisional e sua equipe, com participação direta da Comissão de Direito Penal e Assuntos Carcerários da OAB.  

Dentro de uma estratégia de bloqueio epidemiológico, estão sendo realizados atendimentos médicos e solicitação de exames,  a fim de averiguação clínica e patológica de todos os detentos e funcionários da instituição carcerária. A Secretaria Municipal de Saúde reitera que está trabalhando na situação, com o intuito de preservar a integridade da saúde de todos.

Sobre a doença - Segundo o Ministério da Saúde, a tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível que afeta prioritariamente os pulmões, embora possa acometer outros órgãos e sistemas. A transmissão da tuberculose é plena enquanto o indivíduo estiver eliminando bacilos. Com o início do esquema terapêutico adequado, a transmissão tende a diminuir gradativamente e, em geral, após 15 dias de tratamento, chega a níveis insignificantes. No entanto, o ideal é que as medidas de controle de infecção sejam implantadas até que haja a negativação do risco transmissão. A tuberculose tem cura e o tratamento é gratuito e disponibilizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS).


Busca de Notícias