Nota de Esclarecimento


Conforme já publicado, em Nota Oficial, as ações realizadas pela Polícia Federal, em conjunto com a Controladoria-Geral da União, na manhã do último dia 21, especialmente na Secretaria Municipal de Saúde, resultaram na emissão de três mandados de prisão, um deles para uma servidora da Secretaria de Saúde e outros dois para empresários ligados ao ramo de material médico-hospitalar.

Contudo, circula em várias mídias digitais que o Secretário de Finanças, José Francisco Milagres, e o Secretário de Saúde, José Orleans da Costa, também foram presos. Esclarecemos serem inverdades essas postagens, meras especulações, oriundas de desinformação acerca dos fatos.


Busca de Notícias