UAI de Barbacena não será fechada


A Prefeitura de Barbacena, pautada pela transparência de seus atos, vem a público esclarecer a respeito do funcionamento da Unidade de Atendimento Integrado (UAI) na cidade, em resposta aos inúmeros rumores e boatos aventados nas mídias sociais.

O principal ponto é que a UAI não será fechada. O Município nunca teve a pretensão de fazê-lo, sobretudo considerando o interesse coletivo, com benefício à população não apenas de Barbacena, mas da região.

O pedido sempre foi para que a UAI fosse transferida para outra área, inclusive intercedendo para isso, apresentando alternativa de realocação, uma delas foi junto ao Barbacena Shopping, com sinalização positiva do proprietário, que ofereceu uma área que abrigaria a unidade sem a cobrança de aluguel. Entretanto, o Governo do Estado de Minas Gerais rejeitou a proposta, com a alegação de que não dispunha de verba para as mudanças necessárias.

Todas as tratativas ocorreram desde junho de 2018, sobretudo em razão da necessidade da administração municipal em reduzir despesas com seus aluguéis. Em janeiro de 2019, o Município foi surpreendido com o pedido de retomada do imóvel conhecido como Clínica Angelina Ferreira, no bairro Funcionários, que abriga vários setores da Prefeitura, aumentando a necessidade por espaço.

Como se não bastasse, em fevereiro, o Prefeito Luis Álvaro, recebeu servidores da Administração Fazendária Estadual, que informaram sobre a pretensão do Estado em encerrar as atividades do órgão em Barbacena, transferindo os serviços para São João del-Rei, sensibilizado com essa perda, também irreparável, o Chefe do Executivo ofereceu espaço no prédio que abriga a UAI.

Após a apresentação dessas demandas, as conversas convergiram para a otimização do espaço, o que apos várias conversas foi, então, aceito pelo Estado, conforme acordado em reunião entre o Superintendente das UAI's e a Chefe de Gabinete do Prefeito, Cacilda Araújo, na última sexta-feira (14). “O Estado continuará usufruindo do prédio, oferecendo os mesmos serviços e, ainda abrigará a Administração Fazendária Estadual, algumas alterações estruturais serão necessárias, mas os serviços não serão interrompidos”, informou a Chefe.

Em que pese a dívida acumulada do Estado com o Município, sobrecarregando as despesas da administração municipal, o Estado continuará contando com o município de Barbacena, para a permanência dos seus serviços na cidade.

Portanto, a Prefeitura de Barbacena reitera que a UAI não será fechada, o Prefeito Luis Álvaro nunca pretendeu interromper os serviços da UAI, tudo decorreu de necessidades prementes do município, em adaptar as urgências que assoberbam a administração municipal.


Busca de Notícias