13ª Primavera dos Museus termina e deixa saldo positivo para a cultura regional


A temporada cultural coordenada pelo Instituto Brasileiro de Museus – IBRAM tem o objetivo de divulgar, promover e valorizar os Museus em todo o Brasil.

O tema escolhido para esta edição deste ano foi: “Museus Por Dentro, Por Dentro dos Museus” e buscou aproximar os diversos públicos, do cotidiano museológico, das atividades desempenhadas e dos projetos desenvolvidos por essas instituições culturais.

Ao longo do período (23 a 29 de setembro), o Parque Museu Casa de Marcier e o Projeto Roda Viva dos Museus desenvolveram uma programação especial, para celebrar a memória do pintor Emeric Marcier. Durante a semana festiva, 34 atividades foram realizadas divulgando o acervo, a história e o projeto de educação patrimonial, arte e sustentabilidade desenvolvido pela Coordenação do Museu.

Até o último dia 30 ficaram abertas ao público as exposições de fotografia: “É Primavera: preservando nossa história e memórias” e “Vivave” - trabalhos realizados respectivamente, pelos alunos do 5º Ano do Ensino Fundamental do Colégio Imaculada Conceição e do 5º Ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Monsenhor Lopes. As exposições foram desenvolvidas em parceria com o Projeto “Ver de Olhar”, após as Oficinas de Fotografia promovidas pelos fotógrafos barbacenenses Deliane Dani, Silvana Sfredo e Wagner Rocha, em diversas escolas públicas e particulares da região.

Os estudantes participaram das visitas mediadas ao Parque Museu Casa de Marcier, conduzidas pela coordenadora Deliane Dani Lebourg, durante a última semana. Na terça-feira (24/09), os alunos da Escola Municipal Coronel Camilo Gomes de Araújo participaram da visita mediada à Sala Histórica da EPCAR, realizada pela professora e historiadora, Adriana Bellintani. Na quarta-feira à tarde, os alunos e professoras da Escola Municipal Sebastião Francisco do Vale participaram da programação cultural desenvolvida no Colégio Imaculada Conceição e da visita mediada ao Centro de Memória Irmã Paula Boisseau, conduzida pela professora e coordenadora Adriana Orlando. Na quinta-feira (26/09), o Coordenador do Museu Municipal, professor Jorge Arnaldo do Nascimento recebeu os alunos da Escola Estadual Adelaide Bias Fortes para tarde de visita mediada e ação educativa.

No Parque Museu Casa de Marcier, o público também visitou os projetos: “Museus: nós fazemos parte desta história!”, desenvolvido pelos alunos do 4º Ano da Escola Municipal Higino José Ferreira e “No meio do caminho tinha um Museu: entre flores, cores e amores”, com fotos, releituras e contação de histórias, dedicados à memória de Emeric Marcier e família, desenvolvido pelo 2° Ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Padre Sinfrônio de Castro.

No último sábado, as candidatas ao título de Rainha das Rosas e Flores, acompanhadas da Patronesse do evento Adriana Bellintani, participaram de uma tarde cultural no Parque Museu Casa de Marcier, onde conheceram um pouco da vida e obra do pintor Emeric Marcier, através de minipalestra, e visitaram as exposições temporárias e o acervo do Museu.

Deliane Dani, Coordenadora do Parque Museu Casa de Marcier, destaca que as atividades culturais desenvolvidas na 13ª Primavera dos Museus mobilizaram um público de mais 1.100 pessoas, nos museus e nas instituições parceiras. “Os museus são os guardiões da história e das nossas memórias afetivas. É necessário conhecê-los, refletir sobre a preservação desses espaços culturais tão importantes e compartilhar as memórias que neles estão depositadas. Participamos mais uma vez da Primavera dos Museus, com a certeza de que o Projeto Roda Viva dos Museus vem cumprindo com sucesso, sua importante função de celebrar a memória de Emeric Marcier.”

“É muito importante o incentivo às visitas aos Museus da cidade, enquanto espaços que diretamente promovem o acesso à cultura e ampliam as experiências de vida dos alunos e professores, por meio dos saberes e curiosidades ligadas aos acervos visitados. Os eventos educativos realizados no Museu aprimoram o processo de aprendizagem que começa na sala de aula, despertando a curiosidade, reflexão e imaginação dos alunos”, confirmou a Subsecretária de Cultura, Desporto e Turismo, Maria Eugênia Castro Silva Oliveira.

 


Busca de Notícias