Estudantes de Barbacena são condecorados na 22ª edição da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica


Cerca de 800 mil estudantes de todo o Brasil, do ensino fundamental e médio, participaram da 22ª edição da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). A prova foi aplicada no primeiro semestre deste ano, em todo o território nacional e contou com quase 18 mil escolas cadastradas.

O teste foi dividido em quatro níveis (três para alunos do fundamental e um para o ensino médio), a Olimpíada se restringe a uma prova com dez perguntas: sete de astronomia e três de astronáutica.

As medalhas foram distribuídas de acordo com a pontuação obtida pelos participantes de cada nível. Em Barbacena através de estímulo da Prefeitura através da Secretaria Municipal de Educação, Desporto e Cultura ( Sedec), várias escolas se inscreveram e como resultado, alunos de dez foram condecorados. Confira a lista das escolas medalhistas de Barbacena:

• Escola Preparatória de Cadetes do Ar (Epcar) – 26 medalhas

• Escola Municipal José Felipe Sad – 7 medalhas

• Colégio Tiradentes ( PMMG) – 7 medalhas

• Escola Municipal Sebastião Francisco do Vale – 3 medalhas

• Escola Estadual Professor João Anastácio – 2 medalhas

• Escola Municipal Higino José Ferreira – 2 medalhas

• Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sudeste de Mg – 1 medalha

• Escola Municipal Embaixador Martim Francisco – 1 medalha

• Colégio Imaculada Conceição – 10 medalhas

• CE Aprendiz – 1 medalha

A Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica é coordenada por uma comissão formada por membros da Sociedade Astronômica Brasileira e da Agência Espacial Brasileira. O Brasil é o país que mais tem se destacado nas Olimpíada Latino-Americana de Astronomia. Os melhores classificados representarão o Brasil nas olimpíadas Internacional de Astronomia e Astrofísica e Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica de 2020.


Busca de Notícias