Programa Criança Feliz recebe assessoramento técnico de consultora da Unesco


No último dia 06 de dezembro recebemos no município de Barbacena a Consultora da UNESCO e representante  do Ministério da Cidadania a Sra. Daniela Santos para uma ação de orientação sobre o Programa Criança Feliz, por intermédio da Secretaria Nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano (SNPDH).

A consultoria realizada proporcionou ao município um assessoramento técnico à gestão do Programa e às equipes que trabalham no Programa com o objetivo de identificar as potencialidades e dificuldades bem como aprimorar aspectos metodológicos na execução do Programa pelo município.

Na oportunidade, participaram da ação as equipes que executam o Programa Criança Feliz, o Diretor de Programas Sociais Tadeu José Gomes, os Chefes dos Serviços da SEMAS e uma profissional representando a Secretaria Municipal de Educação e Cultura.

Instituído pelo decreto nº 8.869, de 05 de outubro de 2016, o Programa Criança Feliz é um programa de caráter intersetorial, cuja finalidade é a de promover o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância, considerando sua família e seu contexto de vida, em consonância com a Lei nº 13.257, de 8 de março de 2016, o chamado Marco Legal da Primeira Infância.

O Programa Criança Feliz acompanha gestantes, crianças de até três anos e suas famílias inseridas no CADÚNICO e crianças de até seis anos beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada (BPC/LOAS) e suas famílias. É executado pelo município desde 2017 e já atendeu mais de mais de 660 usuários realizando cerca de 18.000 ações de acompanhamento e intervenções realizadas em domicílio. 

A iniciativa de financiamento federal é vinculada à Política de Assistência Social do Município, por meio dos Centros de Referências de Assistência Social - CRAS Unidade São Pedro e CRAS Unidade Nova Cidade - executado por uma equipe composta por um Supervisor de nível superior e quatro Visitadores em cada unidade que, dentro de um dado território, vão até a casa dos usuários para desenvolver trabalhos e intervenções que visam o fortalecimento do vínculo entre a criança e seu cuidador. O lúdico é a principal ferramenta adotada nas intervenções em que brincadeiras infantis e a construção de brinquedos de estimulação do desenvolvimento humano são adotados para potencializar o objetivo do Programa. Conforme estudos da área, o brincar afeta positivamente o desenvolvimento infantil além de atuar também na superação das vulnerabilidades sociais.


Busca de Notícias