Sesap realiza live informativa sobre vacinação dos profissionais de saúde


A Secretaria Municipal de Saúde (Sesap) realizou ontem (17/02), uma live explicando sobre a vacinação no munícipio. As questões esclarecidas foram enviadas pela população através das redes sociais.

Participaram da coletiva o secretário de Saúde, Arinos Brasil, a diretora de vigilância e ações de saúde, Aniellen Vieira, a chefe em vigilância em saúde, Andressa Guedes e a chefe de Vigilância Sanitária Municipal , Janaina Sanson. Na live foi explicada que o município recebeu cerca de 5200 doses para vacinar profissionais de saúde e idosos asilados, ou seja, doses especificas para esse público e que não pode ser realocada para outros públicos. ‘Da mesma forma chegaram 711 doses para idosos a partir de 90 anos, então a gente também não pode passar essas doses para outros públicos que não sejam os idosos’, pontuou.

Ainda de acordo com Aniellen, o munícipio segue a nota técnica do Governo do Estado publicado na última segunda-feira (15/02), que diz que os munícipios devem ter vacinados 100% da população idosa residente em instituições de longa permanência, 100% das pessoas com deficiência moradores de residências inclusivas maiores de 18 anos, 100% da população indígena aldeada em terras homologadas, 100% das pessoas com 90 anos ou mais e 73% dos trabalhadores de saúde seguindo os critérios de prioridades. ‘O munícipio de Barbacena não está realizando uma estratégia que não esteja de acordo com o Plano Nacional de Imunização, assim como as diretrizes estabelecidas pelo estado de Minas Gerais’, destacou.

Local da vacinação

Arinos ainda explicou o motivo pelo qual a vacinação Drive-Thru acontece na Sesap, e não em outros espaços. "Primeiro que essas vacinas devem andar com seguranças, ela não pode andar só com a equipe de vacinação pelo fato delas estarem sendo tão procuradas, isso faz com que elas tenham que ser acompanhadas da Polícia. Outro fato é que como aconteceu com os idosos, em um primeiro momento houve uma fila um pouco maior, mas posteriormente a Setram conseguiu arrumar e fluiu de forma melhor. Se vocês reparem estamos em um momento do ano que chove muito, então aqui traz mais segurança para nós, a vacinação não parou com chuva ou com sol", explicou Arinos.  

Estratégias

A estratégia de dividir em turnos a vacinação dos profissionais de saúde, que começou hoje (18/02) é para garantir que haja o mínimo de vacinas para cada turno, no entanto foi ressaltado na live que não é possível garantir que todos seriam vacinados, já que como foi explicado durante toda a semana, a vacina é conforme a disponibilidade de doses. Por esse motivo não é possível estabelecer estratégias futuras, pois o munícipio depende do envio das vacinas por parte do Ministério da Saúde e do Governo do Estado.

Ressalta-se ainda que nem todos os estabelecimentos de saúde do município possuem cadastro no CNES  e alvará sanitário, o que impossibilita obter o número exato de profissionais de saúde em atividade. Dessa forma é importante que o profissional de saúde procure a Vigilância Sanitária para cadastrar o seu estabelecimento, conforme as normas vigentes.

Live na íntegra

Durante a live também foram esclarecidas diversas outras dúvidas. O vídeo completo está disponível no Facebook da Prefeitura Municipal de Barbacena e no canal do Youtube da PMB. Confira na íntegra: https://www.youtube.com/watch?v=OhojCrCcruM


Busca de Notícias