Trabalho Socioambiental


As ações que compõem o cronograma do trabalho socioambiental das obras das Estações de Tratamento de Esgoto do Galego e do Retiro das Rosas - de acordo com o contrato nº 0350.901-98/2011 – estão vinculadas aos eixos previstos na Portaria Ministerial nº 21 de 22 de janeiro de 2014. São as atividades realizadas com a população, visando informar sobre o que são as Estações de Tratamento de Esgoto – ETEs - em construção no Distrito do Galego e no Retiro das Rosas, criando canais de informação sobre o andamento das obras e sobre os recursos públicos destinados a essas obras.

Através do trabalho socioambiental também se espera que a população fique melhor informada sobre temas que estão relacionados ao saneamento básico e outros ligados à saúde e ao meio ambiente, contribuindo também para que os cidadãos conheçam os seus direitos e sejam orientados para buscarem melhores condições de vida nas suas comunidades e no Município.

É o trabalho que acompanha as obras das ETEs e dá visibilidade à equipe técnica responsável por todo o processo de obras e social, contribuindo para que os cidadãos se apropriem das informações sobre as obras e enxerguem as ETEs como patrimônios públicos, que devem ser preservados por todos – poder público e sociedade como um todo. O trabalho socioambiental visa promover, principalmente, a transparência no uso dos recursos públicos e a participação dos cidadãos, através da divulgação de informações e de formas de se promover melhorias nas condições ambientais e de saúde!

Quais são os eixos e os conteúdos do trabalho socioambiental?

As ações estão voltadas para a informação a todos os cidadãos sobre a evolução das obras; para articulações, não somente de secretarias municipais, mas também de parceiros da sociedade civil visando o acompanhamento, o monitoramento das obras e também a colaboração na multiplicação das informações relativas às mesmas e ao trabalho socioambiental; para suporte às obras, com visitas mensais e avaliações sobre o andamento das mesmas; além de propor temas relacionados à Saúde, à Educação Ambiental e ao Patrimônio material e imaterial.

Durante todo o processo de obras e do desenvolvimento do trabalho socioambiental, além de facilitar a transparência quanto ao uso do recurso público, espera-se que os cidadãos possam ampliar seu nível de informação sobre temas relacionados aos eixos propostos, como forma de melhoria também da sua qualidade de vida, bem como ampliação do cuidado e a preservação do patrimônio público. Neste sentido, temas como Alimentação Saudável; Doenças de Veiculação Hídrica; Plantio de Árvores Nativas; O que são Estações de Tratamento de Esgoto – ETEs; Educação Ambiental com foco no saneamento básico e conteúdos ligados ao patrimônio público (caso das ETEs) são recorrentes nas ações propostas e reproduzidos em materiais aos quais os cidadãos devem ter acesso.