Confira o resultado do LIRAa de janeiro de 2022


Foi divulgado o resultado do primeiro Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa) de 2022. São feitos quatro levantamentos durante o ano, este primeiro foi feito em janeiro e o objetivo é levantar locais de infestação de larvas do mosquito transmissor (Aedes aegypti) tanto da dengue, quanto chikungnya, Zica e febre amarela, que são transmitidas através da picada do mosquito, que poderá estar infectado com um dos vírus das diferentes patologias.

Para divulgação desses dados, são apresentados dois índices, sendo um deles de infestação predial e outro de Breteau.

O Índice de Infestação Predial - IIP por Aedes aegypti, é indicador que mede o risco de adoecimento da população pelas doenças transmitidas pelo mosquito, realizado através da análise das larvas de mosquitos coletadas nos imóveis, pelos agentes de endemias quando a realização do Lira. Caracterizado pelo percentual de número de imóveis visitados e número de imóveis com a presença de larvas do Aedes. Este índice em Barbacena foi de 1,9.

Já o índice de Breteau, serve para avaliar o número de recipientes positivos para a larva do mosquito por imóvel. EM Barbacena esse índice foi de 2,1.

A partir dos números do LIRAa, a situação do município conforme levantamento dos dados é classificada como de médio risco. A referência de classificação de risco ocorrência de surtos é: baixo risco (menor que 1%), médio risco /alerta (1% a 3,9%), alto risco (maior que 3,9).

Foram feitas 1542 visitas em 2168 residências previstas no levantamento. Os locais com número maior de focos encontrados são: caixas d'água, baldes, pratos, piscinas e pneus.


Busca de Notícias